Nota da executiva estadual do PT-SP sobre o 2º turno

PT Paulista delibera pelo voto contra João Doria para governador e reforça que prioridade do partido é a eleição de Haddad presidente

 

O Brasil passa por uma fase séria em que avançam ideias e atitudes violentas, desrespeitosas à dignidade humana e de retirada de direitos, cometidas e apoiadas pela candidatura de Jair Bolsonaro, que representa um campo antidemocrático de extrema direita, estimulando o ódio e fazendo apologia à Ditadura Militar e seus métodos, com a disseminação criminosa de mentiras e ataques de baixo nível.

Entendemos como uma grande vitória das forças de resistência ao golpismo e ao fascismo a chegada do companheiro Fernando Haddad à disputa do segundo turno das eleições presidenciais e a permanência do PT como a maior bancada na Câmara dos Deputados, apesar dos recorrentes ataques que temos sofrido.

Em São Paulo, o Partido dos Trabalhadores permanece como a segunda maior força na Assembleia Legislativa e certamente nossa bancada terá a tarefa de liderar a resistência ao avanço do conservadorismo também em nosso estado.

Diante deste cenário, a executiva estadual do PT-SP consensualmente delibera pelo voto contra João Doria e orienta que nossa militância, em conjunto com as direções municipais e zonais, bem como ao lado dos mandatos petistas, atue no sentido de denunciar o que essa candidatura representa: ataque à classe trabalhadora, descaso com a população mais pobre do estado de São Paulo e a desqualificação da política. A prioridade do PT-SP deve ser a eleição de Fernando Haddad presidente.

O PT se posiciona desta forma neste segundo turno com a clareza que independente do resultado das eleições no estado estaremos no dia primeiro de janeiro de 2019 na oposição a qualquer um dos projetos que venha a vencer neste segundo turno. Doria, Bolsonaro, Temer e seus aliados são nossos principais inimigos porque representam o que há de mais nefasto na política nacional.

Até o dia 28 de outubro nosso foco é derrotar as candidaturas que representam a retirada de direitos da classe trabalhadora e a violência contra o povo. E para vencermos o retrocesso devemos fazer aquilo o que sabemos fazer melhor, que é ocupar as ruas conversando olho no olho com cada eleitor e cada eleitora, carregando a estrela do PT no peito, com a responsabilidade dos que querem o Brasil feliz de novo, e sem medo de demonstrar nas ruas que estamos com Haddad e Manu, pela democracia. Ao mesmo tempo, não podemos prescindir de atuar intensamente nas redes sociais para desmascarar a enxurrada de notícias falsas plantadas por Doria, Bolsonaro, e seus aliados.

Por fim, permaneceremos firmes na defesa da democracia, da soberania nacional e atuando firmemente em defesa da classe trabalhadora e da população mais pobre do nosso estado, que reconhecem no PT um instrumento de luta por liberdade, mais direitos e justiça social, bem como contra todas as formas de opressão.

Viva o Partido dos Trabalhadores!

Lula Livre! Haddad presidente!

Executiva Estadual do PT-SP

(do portal PT Paulista)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *